24 de novembro de 2005

SEDUÇÃO E DIVERSÃO: CANTADAS

Cantadas: umas, furadas e outras, sacadas.
Fuja do papinho furado e valorize quem é sincero
(e criativo) de verdade.

É difícil acreditar, mas algumas pessoas ainda têm a coragem de perguntar se "a cachorrinha tem telefone"! Realmente, a criatividade não anda muito em alta. Já que alguns gatinhos(as) não conseguem dar uma dentro, resolvemos fazer uma listinha das cantadas mais furadas para você rir e se divertir.

· A grosseira: Aêêêêê, gostoooosa!!!! (Se é que isso é uma cantada....).
· A cafajeste: Naquela noite, eu fiquei com sua amiga, mas queria, mesmo, era ficar com você.
· A cheia de história: Sempre fui apaixonado por você. Mesmo antes de conhecê-la, ficava louco; aí, quando me apresentaram para você, eu achei você tão legal, só que nunca deu bola pra mim, blablablá...
· A interrogativa: Você quer cerveja? Não? Por que não? Eu sou chato? Então por que você não quer conversar direito comigo? Hein? Toma um golinho só, você não quer? Não quer mesmo?
· A indireta: Sabe, eu gosto de uma menina, hum, hã, hã... mas... ela, quer dizer, não liga muito pra mim, cof, cof - desculpe, eu tô resfriado, esse tempo - mas aquela menina, é... eu tô a fim, né, mas ela faz de conta que não percebe, né, então, cof, cof...
· Via colega: Então, tá vendo aquele carinha de blusa azul, sentado ali na frente? Ele tá a fim de você. Será que não quer sentar lá com a gente?
· A inconformada: É muita areia pro meu caminhãozinho
· A intelectualóide: não dá nem pra transcrever uma conversa desse tipo. O cara quer impressionar e fica falando, falando e falando sobre assuntos que nem domina, mas como se fosse um expert. Ri de tudo o que você diz, tentando demonstrar inteligência. Consegue espantar qualquer menina! Você é a tradução fiel e materializada dos meus sentimentos etéreos.
· A chamativa: mistura do grosso e do tarado. Esse tipo, além de tudo, tenta chamar a sua atenção, mostrando que é homem (na cabeça dele, claro!). Arrota, fala alto, fica contando papo, arruma briga... um típico babaca! Ei, você de blusa vermelha. Que tal me conhecer melhor, gatona?
· A atiradinha: Queria te acariciar todinha, da cabeça aos pés! · A convencida: Eu tenho um monte de meninas no meu pé. Um monte! Hoje mesmo, se eu der uma volta, fico com quem eu quiser. Mas eu tô sossegado. Até, se pintasse, eu podia ficar com você.
· A faminta: Ô picanha boa pro meu churrasco! (Argh).
· A enceradeira: (ele fala para sua amiga, na sua frente, se referindo a você) Nossa, como sua amiga é bonita! Pena que ela é tão difícil! Ela é sempre assim?
· A toda triste: eu era apaixonado. Fazia de tudo pra agradar minha ex. Mas não adiantou muito, sabe, ela desencanou. Agora, eu sou muito romântico, sei como tratar uma mulher. Só que sempre acabo sozinho. E eu tô procurando uma namorada carinhosa, nossa, eu ia ser muito legal com ela... (Até que desenbucha!) Você não gostaria de ter um namorado carinhoso?
· A coelhinha: Te conheço de algum lugar... não é da capa da Playboy?
· A aérea: Você está provocando turbulências no meu vôo. Posso pousar na sua pista?
· A ousada: E aí, vamos lá em casa ouvir uns CDs? Se você não gostar do repertório, pode botar a roupa e ir embora?
· A poética: Meu bem, se sua frente corresponder ao verso, isso é uma cantada em prosa.
· A jornalística: Sabe que você me provoca sensações impublicáveis?
· A marombeira: Quero exercitar todos os meus músculos sensíveis com você.
· A rural: Vamos lá no matinho?
· A boa vizinhança: Sou novo aqui no bairro, você poderia me emprestar uma xícara de sua atenção e me dar uma colher de chá na sua agenda.
· A televisiva: Ligue-se no meu canal e eu te prometo a melhor programação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Por favor, ao comentar, deixe seu nome e/ou e-mail.